Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Reforma vai ser com sofrimento

Marcelo de Moraes

A decisão de não correr risco de perder e adiar a discussão do relatório da reforma da Previdência resolveu o problema do governo na última quarta-feira. Mas, embora tenha ganho tempo, o problema que existia naquele dia segue sobre a mesa de negociações. Integrantes do Centrão querem mudanças no relatório do deputado Marcelo Freitas (PSL-MG) e seguem testando o limite do governo para saber até onde podem ir nessas negociações.

O problema é que os líderes governistas já começam a desconfiar que, mesmo que um acordo seja fechado com o Centrão, na hora da votação do parecer na Comissão de Constituição e Justiça novas reivindicações vão aparecer. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

reforma da previdência