Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Regina Duarte começa a vestir as ‘roupas’ do governo

Equipe BR Político

Em publicação nas redes sociais, a atriz Regina Duarte, que foi convidada pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a Secretaria Especial de Cultura, demonstrou que já vestiu as “roupas” do governo.

No Instagram, a provável secretária compartilhou um vídeo no qual o ex-BBB Adrilles Jorge critica o chamado “marxismo cultural”. Na legenda, a atriz comentou: “Viajando na internet neste domingo ensolarado … olha só que depoimento bacana, profundo , super real. Quem é esse cara?!”. A guerra contra o marxismo cultural é uma das principais agendas do presidente Jair Bolsonaro e de ministros como o chanceler Ernesto Araújo.

Foto: Serjão Carvalho/Estadão

No vídeo, que está editado, o ex-participante do reality show afirma que o marxismo cultural coloca “negros contra brancos, mulheres contra homens, homossexuais contra heterossexuais”. Ele ainda acusou as indústrias “cinematográfica, teatral, cultural e literária” de serem as responsáveis pela propagação do marxismo cultural.

“Só existe isso no mundo hoje. Ou seja, pessoas que se colocam no lugar de vítima para massacrar as outras. Isso é marxismo cultural, propalado em boa parte pela indústria cinematográfica, teatral, cultural e literária”, finaliza Adrilles.