Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Regina Duarte troca post após protesto de atriz

Vera Magalhães

A atriz e futura secretária nacional de Cultura, Regina Duarte, teve de trocar um post em sua conta no Instagram em que aparecem fotos de colegas que teriam apoiado sua nomeação para o governo Jair Bolsonaro depois que a também atriz Carolina Ferraz protestou, num áudio vazado propositalmente, pela sua inclusão na galeria.

Na mensagem, em tom amistoso, porém visivelmente contrariado, Carolina diz ter respeito por Regina, mas que não imaginou que ela usasse sua foto sem sua autorização. Diz que espera que ela consiga fazer a diferença num governo que “desprestigia tanto a classe artística”. Diz ter achado “indelicado” da parte dela usar a foto e pede a retirada. Ouça abaixo:

No novo post, Regina lamenta ter tido de apagar o anterior, que já tinha mais de 470 mil impressões, de acordo com ela, e substitui Carolina Ferraz por Rosamaria Murtinho na galeria de apoiadores, que tem ainda Malvino Salvador, Ari Fontoura, Carlos Vereza e Maitê Proença, entre outros. Disse ter recebido o post de colegas com a “estrita finalidade de apoio à minha nomeação, que deve se dar em algumas semanas, ainda”. E brinca com as metáforas casamenteiras feitas por Bolsonaro, dizendo que estão correndo os “proclamas”.

Nos comentários, o ator José de Abreu, conhecido pela militância petista, ironiza Regina e chama de “vexame” o episódio com Carolina Ferraz. Afirma que Luiz Fernando Guimarães, Beth Goulart e Carla Daniel também pediram para ter a foto retirada do rol de apoiadores da futura secretária, e Ari Fontoura, que ainda aparece, reagiu dizendo que não apóia “governo nenhum”.