Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Regra de ouro assombra servidores

Vera Magalhães

O risco de que o governo infrinja a regra de ouro caso não seja aprovado o PLN 4, que autoriza o governo a obter crédito suplementar de R$ 248,9 bilhões para saldar despesas correntes assombra integrantes do Ministério da Economia.

Isso porque a lei não apenas torna o presidente Jair Bolsonaro sujeito a responder por crime de responsabilidade, mas também estabelece punições duras “no CPF” de funcionários do governo –ministro, secretários e escalões inferiores. É a forma como os burocratas se referem ao fato de que as sanções são imputadas de um a um, na pessoa física. / V.M.

Tudo o que sabemos sobre:

regra de ouroservidoresriscogoverno