por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Relator admite capitalização fora da reforma

Equipe BR Político

Para que a aprovação da reforma da Previdência seja facilitada, o regime de capitalização, que o modelo em que o trabalhador contribui para sua própria aposentadoria, pode ser retirado da proposta, revelou o relator da reforma, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP). “Nossa proposta está construída, mas vamos negociar, vamos conversar para ver se há entendimento. Se houver entendimento (sobre a capitalização), vai (entrar no texto), se não, pode ser um ponto negociado”, disse ao Globo.

A capitalização é defendida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, como forma de dar sustentabilidade ao pagamento de aposentadorias, mas encontra forte resistência de parlamentares. “Se governadores e deputados quiserem contribuir com uma unidade e acharem que esse ponto trava o apoio de outros deputados para a construção dessa grande maioria, não vejo problema (de retirar). Nesse momento, o mais importante é equilibrar as contas da Previdência e inverter essa curva de déficit”, finalizou o deputado, após reunião na casa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para discutir a reforma.