Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Relator ‘preocupado’ com capitalização

Equipe BR Político

O relator da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), demonstrou preocupação em não retirar do texto a proposta de criação de um sistema de capitalização. Segundo ele, com isso, algumas “garantias” precisam ser inseridas na Constituição. “A reforma apenas autoriza a criação de um sistema de capitalização, por meio de lei complementar. Mas algumas garantias precisam ser colocadas na Constituição, como o salário mínimo”, disse o relator durante palestra para membros da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) nesta segunda-feira, 27. Ele lembrou que “há também um desejo muito forte de desonerar as empresas na contribuição, que o sistema novo não tenha participação do empregador, só do empregado, há uma discussão muito forte para aprovar um projeto assim”.

Moreira também afirmou que tem tentado blindar a proposta na “parte política”. “É uma pauta nacional, as pessoas estão conscientes que há que se fazer reforma”, disse. Na visão do relator, apesar de haver um debate sobre o funcionamento das instituições no Brasil, um dia depois de manifestações pró-governo e contra a classe política, “as estruturas estão de pé, não estão rompidas”. Ele também sinalizou que deve manter em seu relatório o impacto fiscal de R$ 1,2 trilhão em dez anos, o mesmo estimado pelo governo no texto enviado ao Congresso. “É possível construir uma solução adequada, é possível melhorar o projeto do governo e muito, com uma meta fiscal coerente, que é esta que o governo apresentou”, disse. Moreira reafirmou que tem como meta entregar o relatório no dia 15 de junho ou antes, segundo o Broadcats Político.