Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Relatoria da indicação de Eduardo com aliado

Equipe BR Político

Após afagos de Donald Trump, o senador Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) agora se cerca ao máximo de aliados para vencer a resistência de parlamentares à sua indicação como embaixador do Brasil nos EUA, na Comissão de Relações Exteriores do Senado. Além do presidente do colegiado, Nelsinho Trad (PSD-MS), outro aliado, o vice-líder do governo, Chico Rodrigues (DEM-RR), pode ser alçado a relator da indicação. Ele “emprega em seu gabinete Leonardo Rodrigues de Jesus, primo dos filhos do mandatário (Jair Bolsonaro), com salário de R$ 22,9 mil”, lembra a Folha. Cabe, no entanto, ao plenário do Senado aceitar ou não a ida de Eduardo para a embaixada.