Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Relatório do Facebook liga Eduardo a site de ataques virtuais

Equipe BR Político

Um requerimento do deputado Túlio Gadelha (PDT-PE), com base em depoimento da deputada Joice Hasselmann à CPMI das Fake News, rendeu um relatório feito pelo Facebook e obtido pelo UOL com informação que relaciona o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) a um site de de ataques virtuais a adversários do então candidato Jair Bolsonaro. As informações foram reunidas a partir de um pedido de quebra de sigilo referente a contas no Instagram feito pela comissão, informa a repórter Constança Rezende.

O deputado Eduardo Bolsonaro

O deputado Eduardo Bolsonaro Foto: Dida Sampaio/Estadão

Segundo a reportagem, a página Bolsofeios foi registrada a partir de um telefone utilizado pelo secretário parlamentar do filho do presidente, Eduardo Guimarães, cujo email era utilizado por Eduardo para compra de passagens e reserva de hotéis. A conta ligada ao site foi criada no IP de um computador localizado dentro na Câmara. Atualmente, o cardápio da página oferece ataques contra jornalistas, STF, Rodrigo Maia e adversários políticos da família.