Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Renan: ampliação do Bolsa Família não pode ser a fórceps

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) afirmou nesta tarde de terça, 6 no Twitter que o armistício alcançado entre Rodrigo Maia e o ministro Paulo Guedes em jantar na noite de ontem, 5, do qual ele participou, resultou numa agenda que vai englobar “as reformas administrativa, que inclua os 3 poderes, a tributária e a ampliação do bolsa família, que não pode ser feita a fórceps, sem negociações prévias com o parlamento”. O ex-presidente do Senado afirma ter sugerido o corte de R$ 5 bilhões das emendas parlamentares, maior tributação dos salários de R$ 50, 70, 100 mil, o fim dos supersalários públicos, já aprovado pelo Senado, além da qualificação dos gastos públicos.

O senador Renan Calheiros (MDB-AL)

O senador Renan Calheiros (MDB-AL). Foto: Ed Ferreira/Estadão

Segundo ele, a agenda será tocada pelos líderes partidários, uma vez que ele está indo para Alagoas. “O Brasil merece o direito de viver em paz”, concluiu.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

Renan CalheirosBolsa Família