Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Renan defende Juiz de Garantia

Marcelo de Moraes

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) saiu em defesa da criação da figura do Juiz de Garantia, criado dentro do Pacote Anticrime, apesar da contrariedade do ministro da Justiça, Sérgio Moro. Citando a Lei Áurea e a criação da CLT, entre outras leis, como forma de comparação, Renan defendeu a importância da adoção do novo mecanismo, contestado abertamente pelos lavajatistas.

“Sobre o Juiz de Garantia: Na Lei Áurea, o atraso reclamava que o fim da escravidão quebraria o sistema produtivo. Mentira, não quebrou. Quando Vargas criou a CLT, a reclamação era a mesma: proteger o trabalhador tira recursos da produção e desemprega. Não desempregou, avançou”, afirmou.

E o senador alagoano acrescentou ainda outros exemplos. “Quando aprovamos a Lei das Empregadas Domésticas, gritaram que travaria a economia. Não travou. O privilégio sempre tenta impedir o novo. A velha ordem se faz de vitima para que nada mude. Mas a civilização prova que nada é mais caro que o atraso”, afirma Renan.

Tudo o que sabemos sobre:

juiz de garantiaRenan Calheiros