Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Renan diz que decisão do CNMP contra Deltan é ‘branda’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) considerou branda a decisão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) de punir com censura o procurador Deltan Dallagnol. Autor da ação, o parlamentar prometeu que vai entrar com uma ação civil para “reparação de danos morais” por conta de o ex-chefe da Lava Jato do Paraná ter se posicionado nas redes sociais contra a eleição de Renan para a presidência do Senado, em 2019.

O senador Renan Calheiros (MDB-AL)

O senador Renan Calheiros (MDB-AL). Foto: Ed Ferreira/Estadão

“A advertência do CNMP é branda para a odiosa perseguição de @deltanm contra mim: campanhas políticas opressivas, postagens fakes, investigação sem prova para tornar-me multi-investigado (mais de 2/3 arquivadas pelo STF). Entrarei com ação civil para reparação de danos morais”, escreveu, nesta terça-feira, 8, no Twitter.

Mais cedo, por 9 votos a 1, o CNMP decidiu punir Deltan com a segunda penalidade mais branda aplicada pelo conselho, depois da advertência. Ela atrasa a progressão na carreira e serve de agravante em outros processos no conselho.

Tudo o que sabemos sobre:

Renan CalheirosCNMPDeltan Dallagnol