Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Renda Brasil vai ficar ‘mais para o final do ano’, diz Onyx

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Segundo o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, o governo decidiu esperar para anunciar o programa Renda Brasil “mais para o final do ano”. A ideia, de acordo com o auxiliar do presidente Jair Bolsonaro, é primeiro concluir o pagamento da prorrogação do auxílio emergencial, anunciado ontem pelo governo.

Onyx Lorenzoni, fala à imprensa após reunião com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada no sábado

Onyx Lorenzoni, fala à imprensa após reunião com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada no sábado, 1 Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

Em entrevista à rádio Jovem Pan, nesta quarta-feira, 2, Lorenzoni disse que o Renda Brasil, que vai substituir o Bolsa Família, “vai trazer o mérito e a promoção das pessoas e que não vai segurar as pessoas no programa para estabelecer dependência”.

“Quando trabalhamos para mudar o Bolsa (Família) é porque o Bolsa foi constituído e ao longo do tempo perdeu a focalização porque virou um instrumento político eleitoral. Ele segura artificialmente as pessoas no programa, cria uma dependência artificial para tentar colher o voto”, afirmou o ministro. “O presidente Jair Bolsonaro ganhou a eleição contra os resultados eleitorais que o Bolsa família gerou para o PT no Nordeste”, concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:

Onyx Lorenzonirenda Brasilgoverno