Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Repúdio à cura gay une Aras a Contarato

Equipe BR Político

O senador Fabiano Contarato (REDE-ES) perguntou ao subprocurador-geral da República, Augusto Aras, a posição dele sobre sua família homoafetiva em razão de a Procuradoria-Geral da República ser um das signatárias de uma carta da Associação Nacional de Juristas Evangélicos (Anajure) que defende o que chamam de “cura gay”. “O senhor não reconhece minha família como família? Eu tenho uma subfamília? Porque essa carta diz isso. Diz mais. Ela estabelece cura gay. Eu sou doente, procurador?”, questionou o parlamentar durante sabatina de Aras na CCJ do Senado, nesta quarta, 25.

“Confesso a vossa excelência que eu não li. (…) Eu sou um cidadão desse tempo e eu não posso deixar de reconhecer todos os fenômenos sociais e humanos. Respeito muito vossa excelência, tenho amigos e amigas que têm casamento homoafetivo, o casamento como um contrato na contemporaneidade entendido, hoje assim entendido na via jurídica (…) No mais, os meus respeitos a vossa excelência, a vossa família, aos vossos filhos, que são tão iguais quanto os meus. E nem acredito em cura gay, me permita complementar”, respondeu o subprocurador.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Fabiano ContaratoAugusto Arassabatina