Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Resolução determina remoção de quilombolas em Alcântara

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Na quinta-feira, 26, o general Heleno Augusto, ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), assinou uma resolução que determina a remoção e o reassentamento de famílias quilombolas em Alcântara, no Maranhão, como desdobramento do Acordo de Salvaguardas Tecnológicas firmado entre o Brasil e os Estados Unidos para uso da Base de Alcântara. Cerca de 700 famílias e 30 comunidades serão afetadas com a medida. O documento também informa que o Centro Espacial de Alcântara vai utilizar mais 12 mil hectares da ilha.

Para o assessor jurídico Movimento dos Atingidos pela Base Espacial de Alcântara, Danilo Serejo, trata-se de uma “resolução da morte dos quilombolas”.

O general Heleno assinou o documento na condição de coordenador do Comitê de Desenvolvimento do Programa Espacial Brasileiro, criado em 2018, que deliberou sobre o assunto em reunião no último dia 4. A resolução não especifica quando as remoções serão executadas.

 

Tudo o que sabemos sobre:

AlcântaraHeleno Augusto