Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Ressoa como censura prévia’

Equipe BR Político

Marco Aurélio Mello, do STF, comentou a pedido do Estadão a medida do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que proíbe magistrados de certas posturas políticas nas redes sociais. Nas palavras do ministro: “Na minha visão, o controle nesse caso é sempre posterior, senão ressoa como censura prévia”.

“(É) Inconcebível, com os ares democráticos da Carta de 1988, se ter uma espécie de censura dirigida ao ‘Estado juiz’ (Judiciário) por um órgão administrativo”, afirmou Marco Aurélio.

Tudo o que sabemos sobre:

STFCNJMarco Aurélio Mello