Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Retaliação contra os EUA por causa da OCDE?

Marcelo de Moraes

Presidente da Comissão Especial que discutiu a reforma da Previdência na Câmara, o deputado Marcelo Ramos (PL-AM) defende que a Casa reveja algumas das vantagens concedidas pelo governo brasileiro aos Estados Unidos depois de os norte-americanos não terem indicado o Brasil para a OCDE. Ramos acha que a Câmara deveria rever a decisão do Brasil que autorizou o aumento da importação do etanol dos Estados Unidos.

“É hora da Câmara votar o PDL 614/2019, que susta os efeitos da Portaria 547/2019 do Ministério da Economia que autorizou o aumento da importação de etanol dos EUA. Isso deve ser feito em defesa dos produtores nacionais e em reação ao descumprimento do compromisso de Trump em relação a OCDE”, defendeu Ramos no seu Twitter.

Tudo o que sabemos sobre:

Marcelo ramosOCDEDonald Trumpetanol