Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Retratação de Macron ainda é condição

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro recebeu na manhã desta quarta-feira, 28, no Palácio da Alvorada o presidente do Chile, Sebastián Piñera, que estava de volta de Biarritz, na França, onde participou como convidado do encontro do G-7. Em conversa com jornalistas após a reunião, Bolsonaro afirmou que a retratação por parte do presidente da França, Emmanuel Macron,  segue como condição para que o Brasil aceite a ajuda de US$ 20 milhões, cerca de R$ 83 milhões, oferecida pelo G-7. “Somente após ele se retratar do que falou no tocante a minha pessoa, que represento o Brasil como presidente eleito, e bem como ao espírito patriótico do nosso povo, que não aceita relativizar a soberania da Amazônia”. Segundo o brasileiro, Piñera levou ao grupo de países mais ricos do mundo “a palavra do Brasil sobre o momento que estamos vivendo com maestria e companheirismo”. O incêndio na floresta amazônica esteve entre os principais assuntos discutidos pelo G-7.

Além disso, os dois presidentes também anunciaram que o Chile vai enviar ao Brasil quatro aviões para ajudar no combate às queimadas florestais. Piñera destacou a importância da floresta amazônica para o planeta, mas assim como Bolsonaro, bateu na tecla do respeito à soberania. “Cada país sabe a ajuda que quer receber e a que não quer”, disse o chileno. Na avaliação de Bolsonaro, o presidente francês quis vender uma imagem ao mundo de único interessado no combate aos incêndios na Amazônia. “No meu entendimento, houve um aproveitamento por parte do senhor presidente Macron para se capitalizar perante o mundo como aquela pessoa única e exclusiva interessada em defender o meio ambiente. Essa bandeira não é dele, é nossa, é do Chile e é de muitos países do mundo”, disse.

Publicado por Jair Messias Bolsonaro em Quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Assine o BR Político para ter acesso a produtos e informações exclusivos. Clique neste link para se tornar um assinante.