Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Reunião acontece tarde demais

Equipe BR Político

Em artigo nesta segunda-feira, 15, a colunista Míriam Leitão diz que a reunião entre o presidente Jair Bolsonaro e parte da equipe econômica para debater preço de combustíveis, que vai acontecer na tarde de hoje, chega tarde demais. Só depois de o presidente vetar o aumento de 5,7% no diesel, Bolsonaro receberá ministros e o presidente da Petrobrás neste começo de semana.

“O intervencionismo está latente no presidente. Bolsonaro sempre defendeu essas ideias na economia. Mas na campanha dizia que economia era assunto de Paulo Guedes e que esse seria um governo liberal. Mas no veto ao reajuste do diesel, o ministro da Economia foi o último a saber. Isso trincou a confiança na relação entre Bolsonaro e Guedes”, escreveu no Globo.