Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Rivais no plano nacional, dobradinha com PDT é aposta do PT em Franca

Alexandra Martins

Exclusivo para assinantes

Grande derrotado na disputa municipal de 2016, com perda de 60% das prefeituras em relação a 2012, o PT não está do mesmo lado do PDT no plano nacional, mas se coligou ao partido de Ciro Gomes em Franca (SP) com um novato de 27 anos, o Bruxellas, na chapa majoritária. Seu vice é o professor Marinho Procópio (PDT), ligado ao movimento negro. Os dois partidos também estão coligados no Estado, com o PT como cabeça de chapa, nas disputas em Jacareí, Piedade, Cubatão, Embu-Guaçu e Salto.

Bruxellas. Foto Marcos Limonti

O PT já administrou Franca duas vezes e, em 2016, foi o único ano em que não logrou eleger nenhum representante na Câmara Municipal. Depois dessa experiência, decidiu construir uma frente progressista no município, levando o PDT a desistir de candidatura própria.

Bruxellas foi candidato a vereador na eleição passada e não foi eleito com seus 869 votos dos 155.015 de votos válidos.

“Sou jovem assim como outros 82 mil habitantes de Franca, sei que tiveram erros e acertos no passado de outras gestões, e eles me ajudaram a separar o joio do trigo e entender que Franca está em primeiro lugar. Isto é o que dá confiança para as pessoas que tem participado do projeto que chamamos de cidade-comunidade”, disse ele ao BRP.

Tudo o que sabemos sobre:

FrançaBruxellasMarinho Procópio