Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

RJ pode ser ‘rebaixado’ em ranking de PIB per capita

Equipe BR Político

Uma projeção do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV) mostra que o Rio de Janeiro pode cair para a quarta colocação no ranking de Estados com maior PIB per capita do País, sendo ultrapassado por Santa Catarina na classificação. Os números oficiais só serão divulgados em 2020, mas, caso a projeção do Ibre se confirme, será a primeira vez desde 2008 em que os fluminenses não ocuparão a terceira posição. Há mais de uma década, o Rio só perde no ranking para São Paulo e Brasília.

O instituto estima que o PIB per capita do Rio de Janeiro foi de R$ 38.874 em 2018, ante um PIB por habitante de R$ 40.316 em Santa Catarina em 2018 (os dados oficiais só vão até 2017). A projeção ocorre em um cenário de crise fiscal no Estado do Rio de Janeiro, como você já vem acompanhando aqui no BRP.

Segundo as informações do Valor, entre 2002 e 2017, a expansão acumulada pela economia fluminense foi de 23,3%, o menor percentual entre os 26 Estados e o Distrito Federal. No mesmo período, o PIB brasileiro avançou 42,5%, e o catarinense, 42,4% — quase o dobro do fluminense. E, se o desempenho econômico fluminense continuar nesta tendência, o Estado pode cair ainda mais no ranking. Quem já vem se aproximando dos resultados do RJ é o Rio Grande do Sul, por exemplo.

Pelo Twitter, o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) culpou gestões anteriores do governo e prefeitura pelo baixo desempenho econômico do Estado. “É resultado da velha combinação de corrupção e incompetência da turma de Cabral, Paes e Crivella. Essa panelinha destruiu o RJ”, escreveu o parlamentar nesta segunda-feira, 9.