Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Para Maia, saída de Cintra não atrapalha reforma

Marcelo de Moraes

Com a saída do secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, do posto, o governo começou a refazer proposta de reforma tributária para enviar ao Congresso. Apesar disso, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ao BRP que sua saída “não atrapalha” o andamento da discussão da reforma tributária na Casa.

O presidente da Câmara Rodrigo Maia em abertura de sessão

O presidente da Câmara Rodrigo Maia. Foto: Gabriela Biló/Estadão

Cintra vinha sendo o principal defensor da adoção de uma espécie de nova CPMF. E a defesa da proposta acabou lhe custando o cargo. No Congresso, a reedição da CPMF enfrenta resistências gigantescas, mas o governo parecia disposto a tentar emplacar a proposta mesmo assim, como forma de aumentar sua arrecadação. Logo depois de Cintra cair, Jair Bolsonaro usou seu Twitter para dizer que a queda foi causada justamente pela defesa do tributo.