Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Sabatina de Eduardo pode virar saia-justa para senadores

Marcelo de Moraes

Se a indicação de Eduardo Bolsonaro para o posto de embaixador do Brasil nos Estados Unidos for confirmada, os senadores vão enfrentar, em breve, uma saia-justa. A nomeação precisa ser aprovada pela Casa, depois de uma sabatina da Comissão de Relações Exteriores. Assim, quem votar contra a indicação do filho de Jair Bolsonaro já sabe que precisará administrar a óbvia reação negativa do presidente pelo resto do seu mandato.

Para o lado de Bolsonaro, a situação também envolve alto risco político. Se Eduardo for barrado pelos senadores, isso representará uma pesada derrota para o presidente. Além disso, antes mesmo da confirmação da indicação, Bolsonaro já passou a administrar o desgaste por praticar nepotismo ao bancar o próprio filho para o principal posto no exterior da diplomacia do País. /M.M.