Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Saída de Parente ‘fere de morte’ política econômica

Equipe BR Político

Em artigo publicado neste sábado, 2, no Globo, o jornalista Merval Pereira afirma que o desligamento de Pedro  Parente da Petrobrás “é um retrocesso que fere de morte” a política econômica do presidente Michel Temer.

“A saída de Pedro Parente  é mais grave pelo que sinaliza, pois evidentemente ele não é o único gestor público capaz de colocar a estatal no rumo certo”, diz Merval. “Mas a política de subsídios e controle de preços dos combustíveis impede que a credibilidade da empresa seja resgatada, e indica que a intervenção política continuará sendo a tônica, uma repetição como farsa do que faziam sua antecessora e companheira de chapa e o ex-presidente Lula.”