Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Saladona da CPI das fake news

Equipe BR Político

Governistas e oposição até se juntaram para colocar de pé a CPMI das fake news, mas o escopo do que querem investigar vai além do conceito de notícia falsa. O deputado Coronel Tadeu (PSL-SP), por exemplo, propõe que a comissão investigue o site privado The Intercept Brasil. Outro alvo seria o grupo conhecido como “bancada da live”, informa o Estadão. Já outra banda pretende blindar congressistas que são criticados na internet pelas milícias virtuais, não especificamente os ou as parlamentares ameaçados ou ameaçadas de morte.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), no entanto, se comprometeu a ler o requerimento de instalação da CPI mista na quarta, 3, e já há acordo entre partidos do Centrão e da oposição para indicar os membros do colegiado. “Vamos começar para ver o que vai dar. Tem gente cometendo crime de covardia ficando atrás de celular e computador atacando a honra e a dignidade das pessoas, desrespeitando as ideias”, comentou o líder do PSD no Senado, Otto Alencar (BA).

Tudo o que sabemos sobre:

CPIfake newsDavi Alcolumbre