Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Salim diz que estatais ‘são foco de greve que atormentam o País’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados, Salim Mattar, usou o Twitter nesta segunda-feira, 3, para criticar a convocação de greve feita pelos Correios.

Salim Mattar, secretario de desestatização do Ministerio da Economia Foto: Gabriela Biló/Estadão

Mais cedo, a federação que representa a empresa convocou uma paralisação por tempo indeterminado a partir de 18 de agosto. Na avaliação do secretário, que está de olho nos Correios para privatização, as “estatais são das greves que atormentam o País”. Junto ao comentário, Salim também publicou uma imagem que supostamente indica o número de greves entre os anos de 1994 e 2018.

“Em plena crise, os funcionários dos Correios ameaçam deflagrar uma nova greve a partir de amanhã. A empresa nos últimos 12 anos só não entrou em greve no ano da campanha da ex-presidente Dilma em 2010. Estatais são foco das greves que atormentam o País”, disse o membro do Ministério da Economia.

Na próximas semanas, o governo vai enviar ao Congresso Nacional um projeto de lei que propõe a criação de um marco legal ao setor postal. O objetivo é que a nova regulação desobrigue a União de manter a prestação, via Correios, do serviço postal brasileiro.