Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Salles deve receber embaixadores para tratar do Fundo Amazônia

Marcelo de Moraes

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, deve se reunir hoje com os embaixadores da Noruega e da Alemanha no Brasil para discutir o funcionamento do Fundo Amazônia. A Noruega já colocou R$ 3,186 bilhões no programa brasileiro, que é administrado pelo BNDES. Isso equivale a 94% dos recursos postos no Fundo. A Alemanha é o segundo maior contribuidor de recursos. O Fundo se tornou alvo de polêmica entre o governo e setores ambientalistas nas últimas semanas. Para Salles, o Fundo vinha sendo mal gerido até agora pelo BNDES e ele deseja a sua reformulação. Para ambientalistas, o governo quer desvirtuar a finalidade do programa, usando parte de seus recursos, por exemplo, para pagar indenizações a donos de propriedades privadas que vivam em áreas de unidades de conservação.

No meio da discussão, os dois embaixadores deverão conversar hoje com Salles para conhecer a posição do governo brasileiro sobre o assunto e para entender as críticas feitas à gestão dos recursos do Fundo pelo BNDES. Ao BR18, o ministro confirmou que o encontro poderá acontecer hoje à tarde. Ele também disse que começou a conversar com o novo presidente do BNDES, Gustavo Montezano, sobre a administração futura do Fundo. Os dois jantaram em Brasília na segunda-feira. /Marcelo de Moraes

Tudo o que sabemos sobre:

Ricardo SallesFundo Amazôniabndes