Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Salim contra os Correios: ‘Ninguém mais escreve cartas’

Equipe BR Político

O empresário Salim Mattar, fundador da empresa de aluguel de carros Localiza e também secretário de Desestatização do Ministério da Economia, decretou o fim do envio de cartas no Brasil em argumento a favor da privatização dos Correios, em entrevista à TV Record na noite de segunda, 20. “Não faz sentido mais ter uma empresa para entregar cartas se ninguém mais escreve cartas”, disse ele. Ele repetiu seu mantra de que “a coisa mais estratégica em um país é educação, saúde, segurança e saneamento. Isso é que é estratégico”.

Segundo ele, a bacia das almas privatizáveis em 2020 inclui 300 ativos, entre controladas, subsidiárias, coligadas e participações do governo, com previsão de arrecadação de cerca de R$ 150 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:

Salim MattarcorreiosPrivatizaçãocartas