Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Santa Cruz diz que Mourão ‘não se importa’ com torturas cometidas por Ustra

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, reagiu, nesta sexta-feira, 9, aos comentários elogiosos e em defesa do coronel reformado do Exército Carlos Alberto Brilhante Ustra feitos pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão, em entrevista à rede de televisão alemã Deutsche Welle.

Felipe Santa Cruz. FOTO: WILTON JUNIOR/ESTADÃO

O pai do chefe da OAB, o estudante de Direito Fernando Santa Cruz, foi morto durante a ditadura militar brasileira.

“Não pairam dúvidas sobre o cometimento do crime de tortura pelo coronel Ustra. Quando alguém lhe presta homenagens, como o fez o vice-presidente Mourão, a pessoa não está negando que ele tenha torturado seres humanos, está apenas revelando que não se importa com isso”, escreveu Santa Cruz no Twitter.

Na entrevista, Mourão afirmou que Ustra, que foi condenado por promover a tortura na ditadura militar, “foi um homem de honra que respeitava os direitos humanos de seus subordinados”.