Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

São Paulo fará saída gradual da quarentena

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira, 22, o plano de saída gradual do isolamento social no Estado. Chamado de Plano São Paulo, o conjunto de medidas será posto em prática a partir de 11 de maio, depois do fim da quarentena decretada pelo governador João Doria (PSDB).

O governador de São Paulo, João Doria, na coletiva de anúncio do plano de retomada de atividades

O governador de São Paulo, João Doria, na coletiva de anúncio do plano de retomada de atividades Foto: Reprodução/Governo SP

Segundo a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, as medidas vão ocorrer de maneira “faseada, regionalizada e setorializada”. “Vamos preparar protocolos adaptados a cada setor e ambiente econômico”, disse. As medidas do plano não foram detalhadas durante a coletiva de imprensa de hoje.

De acordo com o governador, a nova medida continuará seguindo as orientações da ciência e da medicina. E levará em consideração o avanço do novo coronavírus de acordo com os locais e regiões do Estado. Segundo o secretário de Saúde do Estado, José Henrique Germann, o Plano São Paulo é baseado em “experiências internacionais para a retomada gradual da economia”. Ele garantiu ainda que “a retomada foi definida com base na previsão de achatamento da curva de novos casos”.

Isolamento

De acordo com o governador, ontem, a taxa de isolamento no Estado e na Capital foi de 57%. A meta, segundo Doria é chegar a 60%, índice que já foi alçado em alguns municípios de São Paulo.