Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Saúde diz que ‘errou’ ao pedir R$ 410 bilhões a Guedes

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Mais cedo demos a informação de que o ministro Luiz Henrique Mandetta calcula um gasto a mais de R$ 420 bilhões do SUS para combater a covid-19, segundo projetou em documento enviado ao ministro Paulo Guedes e obtido pelo Estadão. Ocorre que nesta tarde de quinta, 26, a pasta informou que errou no cálculo. Segundo a assessoria do ministério, o valor correto é de R$ 10 bilhões.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta Foto: Wilton Junior/Estadão

Em nota, a pasta disse que colocou o número quatro onde deveria estar um cifrão. No documento, contudo, há um cifrão antes do número quatro. “Esclarecemos que, de fato, a cifra consta em documento preliminar enviado ao Ministério da Economia com vistas a negociação de empréstimo junto ao Banco Mundial. Porém, o valor está errado. Trata-se de um erro material. O valor estimado correto seria R$ 10 bilhões. O algarismo “4” foi escrito por engano — deveria ser um cifrão, que fica na mesma tecla do “4”. O erro passou despercebido na revisão do documento. O Ministério da Saúde solicitou ao Ministério da Economia na manhã desta quinta-feira a devolução do estudo para as correções devidas”, informou o Ministério da Saúde.

Tudo o que sabemos sobre:

Ministério da SaúdeSUSerro