Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Se querem um pedaço do abacaxi, vão ter que ajudar a descascar’

Equipe BR Político

Para o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO),  os governadores e prefeitos precisam assumir o desgaste político que a defesa da reforma da Previdência pode gerar entre os servidores públicos, se quiserem colher os benefícios da reforma. “Se os governadores e prefeitos quiserem um pedaço do abacaxi, vão ter que ajudar a descascar”, disse o parlamentar ao Broadcast Político.

Para o parlamentar, a aprovação da reforma será benéfica aos governadores, já que, em teoria, equilibrará as contas dos Estados. A condição para isso ocorrer, no entendimento de Waldir, é “entregar voto, assumir o desgaste, não ficar só na minha digital e não levar só vantagem para eles”. O líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo, também fez uma afirmação semelhante, dizendo que seria injusto “os governadores fazerem uma oposição silenciosa e depois colherem os louros tendo as contas ajustadas”. O Major, ressalta, porém, que “não sente que isso tenda a acontecer”.

Tudo o que sabemos sobre:

reforma Previdênciagovernadoresprefeitos