Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Sem prorrogação de contratos nos portos

Equipe BR Político

A área técnica do Tribunal de Contas da União encontrou indícios de ilegalidade na permissão para que os contratos de arrendamento portuário sejam prorrogados por 70 anos e recomendam que a medida seja proibida, informa a Coluna do Estadão sobre o decreto editado pelo presidente Michel Temer. “Ministros do TCU consideraram o relatório da área técnica muito leve e devem propor maior rigor em alguns pontos. O julgamento está marcado para a próxima terça”, diz o texto.

Tudo o que sabemos sobre:

Decreto dos portosMichel Temer