Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Sem resultado final, Trump se declara vencedor e cita ‘fraude’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Antes mesmo de ser encerrada a contagem dos votos, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se declarou vencedor da eleição americana em discurso realizado na madrugada desta quarta-feira, 4, na Casa Branca. Ele ainda acusou os democratas de tentarem fraudar o processo e prometeu ir à Suprema Corte para contestar o resultado.

O presidente americano Donald Trump durante discurso na Assembléia-Geral da ONU

O presidente americano Donald Trump durante discurso na Assembleia-Geral da ONU. Foto: Reprodução/Nações Unidas

“Isso é uma fraude para o público americano. Isso é uma vergonha. Nós íamos vencer essas eleições… francamente nós vencemos as eleições”, disse Trump, acrescentando que “isso é um constrangimento para nosso país”, disse.

“Nós vamos à Suprema Corte, queremos que todos os votos parem, não queremos que os votos sejam encontrados até as 4 da manhã. É um momento triste”​, completou, insistindo na narrativa que já vinha apresentando.

A vitória autodeclarada, porém, não tem validade legal, e a disputa à Casa Branca permanece indefinida. Até 7h desta quarta (hora de Brasília), com as primeiras projeções, o democrata Biden acumulava, segundo o jornal New York Times e a agência de notícias Associated Press, 238 dos 270 votos necessários no Colégio Eleitoral americano. Trump, por sua vez, somava 213 pontos. E continuavam indefinidos 9 dos 50 estados.