Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Sempre fomos um órgão de Estado’

Equipe BR Político

O novo presidente do Coaf, Roberto Leonel de Oliveira Lima, defende a atuação do órgão afirmando que ele age dentro da legalidade ao produzir relatórios de informação sobre movimentações suspeitas e que não é responsável por realizar investigações.

Em entrevista ao Estadão, Leonel – como é conhecido – afirma que o Brasil segue um padrão mundial de monitoramento e prevenção a crimes financeiros. Sobre comentários do presidente Jair Bolsonaro de que houve quebra indevida de sigilo no caso envolvendo o filho Flávio Bolsonaro e o ex-assessor Fabrício Queiroz, Leonel afirmou que “o Coaf sempre esteve tranquilo em relação ao cumprimento da lei e sempre fomos um órgão de Estado”.