Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Senado aprova adiamento do Enem

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O Senado aprovou, por 74 votos a favor, na noite de terça-feira, 19, o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) foi o único a votar contra a proposta. A proposta teve apoio de todos os partidos da Casa. O texto precisa agora ser aprovada pela Câmara dos Deputados antes de ir à sanção presidencial.

Placar da votação sobre adiamento do Enem no Senado. Foto: Waldemir Barretoa/Agência Senado

A proposta não estabelece uma nova data, mas prevê que em caso de estado de calamidade, como o atual, os processos seletivos de acesso à educação superior serão prorrogados automaticamente, até o momento em que estejam concluídas, em todo o território nacional, as atividades do ano letivo no ensino médio. Caso sancionado o projeto, poderão ser adiadas também as provas de vestibulares das universidades públicas até o fim da pandemia.

A autora do projeto, senadora Daniella Ribeiro (Progressistas-PB), afirmou que o dia foi de “vitória dos estudantes do nosso País. De uma maioria excluída e de outros tantos que, mesmo estando numa posição economicamente privilegiada, olharam para aqueles com empatia, respeito e solidariedade. Foram porta-vozes essenciais”, escreveu no Twitter.

Tudo o que sabemos sobre:

senadoadiaEnem