Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Senador Carlos Portinho deixa o PSD e vai para o PL

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O senador Carlos Portinho, que assumiu o cargo após a morte de Arolde de Oliveira, está de saída do PSD. Em suas redes sociais, ele anunciou que irá se filiar na próxima segunda-feira, 28, no PL. “Estou me filiando ao PL/RJ nessa segunda-feira. Sigo em um novo partido, mas com o mesmos objetivos de sempre: representar os interesses do estado do Rio de Janeiro no Senado Federal e lutar por um Brasil melhor para todos”, afirmou.

Assim, a bancada do PSD passará a ter 11 senadores e a do PL fica com três: Portinho, Jorginho Mello (PL-SC) e Wellington Fagundes (PL-MT). A maior bancada atualmente é do MDB, com 13 parlamentares.

No Twitter, o presidente do PSD no Rio, deputado Hugo Leal, lamentou a saída do senador. “Lamento muito a decisão como presidente do PSD/RJ, que contava com Portinho e sua experiência, para me ajudar na tarefa, iniciada pelo senador Arolde, de fazer o partido crescer cada vez mais no nosso estado.”

Tudo o que sabemos sobre:

Carlos PortinhosenadoPSDPL