Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Senadores aprovam Forster e Reinaldo Salgado a embaixadas

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Na rodada de votações e sabatinas do Senado com novos embaixadores e indicados a cargos de chefia, os parlamentares aprovaram em plenário, nesta terça-feira, 22, depois de dez meses, a indicação do diplomata Nestor Forster Junior para a embaixada brasileira nos Estados Unidos. Forster foi o nome escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro em novembro de 2019 depois que a tentativa de colocar seu filho Eduardo Bolsonaro no cargo naufragou pela impopularidade da ideia e possível desgaste ao governo. Desde o ano passado Forster está encarregado dos negócios da embaixada. Ele foi sabatinado em fevereiro, mas devido ao funcionamento virtual da Casa, a aprovação em plenário ficou travada.

O embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Nestor Forster

O embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Nestor Forster Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

A Casa também aprovou o diplomata Reinaldo Salgado para a Embaixada do Brasil na Argentina. Salgado é atualmente secretário de comunicação e cultura do Ministério das Relações Exteriores e já foi coordenador-geral para as negociações Mercosul-União Europeia.

Os senadores deram aval também à nomeação da ministra Maria Thereza de Assis Moura para o cargo de corregedora-geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Em sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a magistrada disse ser a favor da quarentena de juízes que queiram disputar eleições para cargos públicos, em discussão no Congresso.