Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Senso de urgência é uma palavra de ordem’

Equipe BR Político

O presidente do conselho de administração do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco Cappi, tem um recado bastante claro para o presidente Jair Bolsonaro: é preciso fazer um “choque” nas regras da Previdência, sem gradualismos. “Não dá para deixar de ter senso de urgência”, afirmou em entrevista concedida ao Estadão nesta segunda-feira, 21, direto do Fórum Econômico Mundial de Davos.

Para ele, ainda que Bolsonaro tenha dito que seu discurso nesta terça-feira, 22, será curto, o presidente deve tocar no tema da Reforma da Previdência, que é o sinal mais aguardado pelos investidores estrangeiros para voltarem a colocar recursos no País. “O novo governo, por si só, já é suficiente para mudar a percepção dos agentes – por um tempo. Senso de urgência é uma palavra de ordem. Temos que despautar esse tema este ano”, afirmou.