Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

‘Será processado’, diz Dino sobre visita e piada de Bolsonaro no MA

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que tem trocado farpas com o presidente, criticou a piada homofóbica e a viagem de Jair Bolsonaro ao Estado nesta quinta-feira, 29. “Bolsonaro veio ao Maranhão com sua habitual falta de educação e decoro. Fez piada sem graça com uma de nossas tradicionais marcas empresariais: o guaraná Jesus. E o mais grave: usou dinheiro público para propaganda política. Será processado”, escreveu o governador nas redes sociais. 

O governador do maranhão, Flávio Dino

O governador do maranhão, Flávio Dino Foto: Dida Sampaio/Estadão

Nesta quinta, em recado a Dino, Bolsonaro usou a visita para dizer que “em um curto espaço de tempo” irá “mandar embora o comunismo do Brasil”, durante evento em Imperatriz (MA). Já na cidade de Macabeira, Bolsonaro fez uma piada homofóbica sobre maranhenses. Tomando o “guaraná Jesus”, símbolo do Estado, afirmou: “Agora eu virei boiola igual maranhense, é isso? Olha o guaraná cor-de-rosa do Maranhão ai ó. Quem toma esse guaraná vira maranhense”.

A viagem do presidente ocorre depois que Bolsonaro decidiu mirar o governador do Maranhão como mais recente alvo de seus ataques. Na terça, o presidente apelou e afirmou que “tem que tirar o PCdoB de lá, pelo amor de Deus”. Na ocasião, Dino respondeu e desafiou o presidente a lançar um “bolsonarista assumido” em 2022 no Estado. 

Tudo o que sabemos sobre:

Flávio DinoJair BolsonaroMaranhão