Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Sérgio Camargo contra-ataca Regina Duarte, sua nova chefe

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, mostrou que pode até ser apeado do cargo, mas que cairá atirando. Ele respondeu em seu Twitter à entrevista da nova secretária de Cultura, Regina Duarte. No último domingo ao Fantástico, ela disse que “facções” querem seu cargo, em referência a ala olavista da militância governista que a ataca nas redes. E disse que Camargo, notório por suas declarações controversas na questão racial, é um “problema” que será resolvido quando a situação estiver menos “aquecida”.

“Bom dia a todos, exceto a quem chama apoiadores do Bolsonaro de facção e o negro que não se submete aos seus amigos da esquerda de ‘problema que vai resolver'”, disse o atual mandatário da Fundação Palmares. No último dia 3 de março, Camargo esteve no Palácio do Planalto e foi agraciado com uma foto ao lado do presidente, publicada nas redes sociais de Bolsonaro. Na cerimônia de posse de Regina Duarte, o chefe do Executivo sinalizou que pode interferir em nomeações da pasta.