Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Sete mortos por covid-19 nas favelas do Rio

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O coletivo Voz das Comunidades informa que a covid-19 matou sete pessoas nas favelas do Rio de Janeiro, com a Rocinha à frente do ranking, com três óbitos. No total, são 67 casos de contaminação do novo coronavírus em nove comunidades. O assistente social Leandro Castro, morador da Rocinha, disse ao G1 que os centros de saúde do bairro não fazem testes da doença. “Fica muito frágil quando você tem somente essas unidades para atendimento e não um espaço específico para casos suspeitos. (…) Acredito que um espaço, dada a proporção da Rocinha com a questão do adensamento populacional e todas as questões geográfica e territorial, um polo de atendimento no contexto da favela é algo urgente”, criticou.

Favela da Rocinha, onde três pessoas já morreram pelo coronavírus

Favela da Rocinha, onde três pessoas já morreram pelo coronavírus Foto: Sergio Moraes/Reuters