Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Tebet: Próximas reformas terão a ‘digital’ do Senado

Equipe BR Político

A senadora Simone Tebet (MDB-MS), presidente da CCJ do Senado, usou o palanque da Casa para mandar um “recadinho” ao governo federal: Tebet, dirigindo-se ao senador Fernando Bezerra (MDB-PE), líder do governo na Casa, alertou que o Senado pretende ser ativo na agenda “pós-Previdência”. “Que o governo entenda que, daqui para frente, deixando de lado a reforma da Previdência que era urgente, que o novo pacto federativo, que a reforma administrativa que vai vir, que as novas leis e reformas necessárias para o País virão por iniciativa do governo – mas terão a digital da justiça social que o Senado federal tem que representar”, afirmou a senadora nesta quarta-feira, 23.

Senadora Simone Tebet (MDB-MS), presidente da CCJ do Senado, durante votação da reforma da Previdência

Senadora Simone Tebet. Foto: Pedro França/Agência Senado

Em seu discurso, Tebet também afirmou que falta moderação ao Planalto. “Hoje, este Senado Federal passou a voltar a ser a maior instituição democrática deste País, quando numa ampla concertação, através do diálogo e da moderação, conseguimos chegar ao resultado ideal de um impasse que não tinha nenhum sinal de ser solucionado. O que levou a isso? O diálogo que falta nas ruas, a moderação que faltas nas ruas, o bom senso que falta nas ruas , o equilíbrio que falta nas ruas. E quando eu falo que falta nas ruas, com todo respeito, também falta ao governo federal”.