Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Sociedade Brasileira de Infectologia pede que cloroquina seja ‘abandonada’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A Sociedade Brasileira de Infectologia divulgou nota na última sexta-feira, 17, pedindo: a hidroxicloroquina deve ser abandonada no tratamento contra o coronavírus. A entidade cita estudos que mostram que a droga não apenas “não é eficaz”, mas também pode trazer “complicações” aos pacientes. A decisão vai de encontro a postura adotada pelo governo de Jair Bolsonaro. Na última quinta-feira, o Ministério da Saúde enviou um ofício para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) pedindo para que o medicamento recebesse “ampla divulgação” no tratamento ao covid-19.

“Com essas evidências científicas, a SBI acompanha a orientação que está sendo dada por todas as sociedades médicas científicas dos países desenvolvidos e pela Organização Mundial de Saúde (OMS) de que a hidroxicloroquina deve ser abandonada em qualquer fase do tratamento da covid-19”, afirma o texto da SBI.

O presidente Jair Bolsonaro, que se recupera da contaminação pelo coronavírus, tem aproveitado todas as ocasiões para afirmar que o medicamento tem funcionado em seu tratamento. Na live da última quinta, chegou a mostrar a caixa da droga, afirmando que “não está fazendo propaganda”.