Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

SP: Comércio reabre com horário restrito

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Após 82 dias com as portas fechadas por conta da pandemia do novo coronavírus, o comércio de rua de São Paulo volta a funcionar nesta quarta-feira, 10, em meio ao processo de reabertura econômica da cidade. Fechados desde 20 de março, os empreendimentos voltam a abrir em horário reduzido. Lojas e imobiliárias poderão funcionar por, no máximo, quatro horas por dia.

A Capital está no nível dois da flexibilização. Foto: Tiago Queiroz

A autorização para shoppings deve valer a partir de amanhã – depende de o município fechar acordo com o setor. Depois do setor perder as vendas do Dia das Mães, a retomada ocorre às vésperas do Dia dos Namorados, outra importante data para o varejo. A reabertura ocorre em meio ao aumento de casos de covid-19 no País. Ao todo, são 38.497 óbitos e 742.084 pessoas doentes. Nas últimas 24h, foram registradas 1.185 novas mortes e 31.197 novos casos, segundo o consórcio de veículos de imprensa.

O plano estadual de reabertura econômica foi iniciado em 1.º de junho. Pelo modelo, a retomada dos setores será em fases e diferente em cada região. A Capital foi colocada no nível dois (de cinco) de relaxamento da quarentena, o que permite reabrir lojas e shoppings. Os estabelecimentos também terão de respeitar lotação máxima de 20% da capacidade e adotar medidas sanitárias, como oferecer álcool em gel, manter distância de 1 metro entre os clientes e orientá-los para evitar aglomerações, informou o Broadcast Político. 

 

Tudo o que sabemos sobre:

comércioshoppingreaberturaSão Paulo