Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

SP recebe lote com o equivalente a 5,5 milhões de doses da CoronaVac

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governo de São Paulo recebeu, na manhã desta quinta-feira, 24, o quarto – e maior – lote com doses da vacina Coronavac. O Secretário da Saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, e o Presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, acompanharam o desembarque, no Aeroporto Internacional de Viracopos, da carga de 5,5 milhões de doses vindas do laboratório chinês da Sinovac.

Chegada do quarto lote com 5,5 milhões de doses da vacina Coronavac. Foto: Governo de SP

O lote é composto por 2,1 milhões de doses já prontas para aplicação e mais 2,1 mil litros de insumos, correspondentes a 3,4 milhões de doses que serão envasadas no complexo fabril do Instituto Butantan, na capital paulista.

Outros dois carregamentos devem desembarcar no País na próxima semana, nos dias 28 e 30 de dezembro, totalizando 10,8 milhões de doses em solo brasileiro ainda em 2020.

“Este é mais um importante passo no enfrentamento da pandemia no Brasil. O imunizante atingiu um índice de eficácia superior ao recomendado pela Organização Mundial de Saúde e, com isso, poderemos em breve solicitar à Anvisa o registro”, disse o Secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn.

Apesar de ontem o governo paulista ter adiado, novamente, a divulgação dos resultados detalhados dos testes com a Coronavac, o início do Plano Estadual de Imunização segue previsto para o dia 25 de janeiro. Durante coletiva de imprensa realizada no Instituto Butantan, foi informado que a Coronavac atingiu índice de eficácia superior ao mínimo recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) – que é de 50% – e, assim, poderá ter seu registro aprovado para imunizar a população.