Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

STF deixa com Estados decisão sobre isolamento

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Jair Bolsonaro reclamou, mas o STF manteve a decisão de deixar com Estados e municípios o poder para implementar quarentenas e outras medidas de isolamento contra o coronavírus. Os ministros Marco Aurélio, Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Rosa Weber, Luiz Fux e Cármen Lúcia votaram pela autonomia de prefeitos e governadores diante do covid-19. A decisão já havia sido tomada pelo ministro Marco Aurélio Mello de forma monocrática no último dia 24 de março, em ação que questionava a validade da MP do governo que limitava, por exemplo, as profissões que poderiam ter atividades suspensas como forma de prevenção.

Nos últimos dias, o presidente Jair Bolsonaro tem reclamado de que não tem poder de decisão diante das quarentenas implementadas por governadores e prefeitos. Para apoiadores, Bolsonaro chegou a dizer que “não tem o que fazer” para acabar com as medidas de isolamento social. Apoiadores do presidente têm se manifestado pela retomada do comércio, mesmo com as recomendações de especialistas para manter as cidades paradas.