Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

STF forma maioria por manutenção do inquérito das fake news

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

O Supremo Tribunal Federal (STF) deu ombros para a subida de tom de Jair Bolsonaro e decidiu manter o inquérito das fake news. A Corte formou maioria  com seis votos a favor da legalidade das investigações: Cármen Lúcia, Luiz Fux, Rosa Weber, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso e o relator, Edson Fachin. A sessão será retomada nesta quinta-feira, 18.

O inquérito apura a divulgação de fake news e ameaças contra ministros da Suprema Corte. No último dia 28 de abril, Bolsonaro reagiu a uma série de buscas e apreensões no âmbito da investigação dizendo que não iria permitir “mais um dia” como aquele. Ontem, no âmbito de outro inquérito que apura ataques contra o STF, nova leva de ações contra bolsonaristas foi deflagrada. E o presidente novamente subiu o tom contra a Corte.