Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

STF retoma julgamento, mas decisão deve ficar para novembro

Equipe BR Político

O Supremo Tribunal Federal retoma nesta quinta-feira, 24, o julgamento a respeito da possibilidade de prisão após condenação em segunda instância. Como você viu aqui no BRP, a ministra Rosa Weber será a primeira a votar. É um dos votos mais aguardados porque não é possível prever seu posicionamento, ao contrário de outros integrantes da Corte que, historicamente, se posicionaram contra ou favor da medida.

Plenário do Supremo Tribunal Federal em julgamento sobre prisão em segunda instância.

Supremo Tribunal Federal. Foto: Carlos Moura/SCO/STF

Até agora, o placar está com 3 votos favoráveis à prisão após condenação em segunda instância, ante 1 contra. Sete ministros ainda precisam votar. Após Rosa, o próximo ministro a proferir o voto, pela ordem, será Luiz Fux. O julgamento, no entanto, deve acabar até às 18h.

Devem ficar faltando os votos de Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Celso de Mello e do presidente da Corte, Dias Toffoli. Como o Supremo não tem sessões previstas para a próxima semana, o fim do julgamento deve ocorrer apenas em novembro.