Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

STF vai debater sátira política na TV

Equipe BR Político

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) contesta legislação eleitoral (Art. 45) que proíbe veiculação de programas que possam “ridicularizar” candidatos três meses antes das eleições. Essa discussão foi marcada no STF para o dia 13 de junho.

O texto atual diz que está vedado às emissoras usarem “trucagem, montagem ou outro recurso de áudio ou vídeo que, de qualquer forma, degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação, ou produzir ou veicular programa com esse efeito”.

Fiquem com os Guiñoles do Canal Plus que satirizavam políticos e suas políticas satíricas nos anos 90 na Espanha:

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

Abert