Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Sting compara Bolsonaro a Nero

Equipe BR Político

O músico britânico Sting entrou para o rol das celebridades que criticaram a política ambiental do presidente Jair Bolsonaro e o aumento no número de queimadas na região amazônica. Em uma carta aberta publicada em seu Facebook, o vocalista comparou a postura de Bolsonaro com a do imperador romano Nero, que, reza a lenda, mandou incendiar Roma. Sting é conhecido por ser ativista de causas ambientais e é fundador da ONG Rainforest Foundation (RF), que tem como missão proteger as florestas tropicais na América Latina. “Apelamos ao governo brasileiro para que mude a política que abriu a Amazônia para a exploração. A retórica nacionalista acendeu efetivamente as chamas que ameaçam engolir o laboratório vivo mais importante do planeta”, escreveu Sting.

“O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, expressou abertamente que não é amigo do povo indígena e agora está renegando tratados de terra já assinados, abrindo novos territórios e desmantelamento as organizações científicas e de direitos humanos no Brasil para permitir isso”, continua o músico. Assim como Sting, outras celebridades como Madonna e Leonardo DiCaprio também já se manifestaram contra a postura ambiental do governo brasileiro.

Legend has it that the Emperor Nero “fiddled while Rome burned”. While obviously bristling at the dubious factoid that…

Publicado por Sting em Terça-feira, 27 de agosto de 2019

Assine o BR Político para ter acesso a produtos e informações exclusivos. Clique neste link para se tornar um assinante.

Tudo o que sabemos sobre:

crise ambiental